Floresta e Ambiente
https://floram.org/article/doi/10.4322/floram.2014.017
Floresta e Ambiente
Original Article Forest Management

Balanço de Emissões e Remoções de Gases de Efeito Estufa no Campus da Universidade Federal de Viçosa

Balance of Emissions and Removals of Greenhouse Gases at Campus of Universidade Federal de Viçosa

Brianezi, Daniel; Jacovine, Laércio Antonio G.; Soares, Carlos Pedro B.; Gonçalves, Wantuelfer; Rocha, Samuel José S. S. da

Downloads: 0
Views: 585

Resumo

Objetivou-se com este estudo realizar o balanço das emissões e remoções de Gases de Efeito Estufa (GEE) do campus-sede da Universidade Federal de Viçosa – UFV (Viçosa, MG), comparando a emissão de GEE do ano-base adotado (outubro de 2010 a outubro de 2011) e o incremento médio anual de carbono pelos sumidouros da universidade (arborização urbana, florestas nativas e plantadas). Utilizou-se dados coletados na universidade e metodologias da ABNT NBR ISO 14064 e do IPCC. Os resultados encontrados apontaram que o campus-sede da UFV possui uma grande cobertura vegetal que representam 39,84% de sua área total. No entanto, estas áreas não foram suficientes para compensar as 6.034,18 tCO2eq. emitidas pela universidade. Portanto, o balanço geral das emissões e remoções de GEE do campus-sede da UFV foi negativo (déficit de 727,02 tCO2eq.). Embora tenha apresentado este resultado, os sumidouros de carbono foram importantes para a compensação de parte dos GEE gerados.

Palavras-chave

florestas urbanas, emissão e remoção de gases, neutralização, balanço rural e urbano

Abstract

The objective of this study was to generate the balance of Greenhouse Gases (GHG) emissions and removals at main campus of Universidade Federal de Viçosa – UFV (Viçosa, MG), contrasting GHG emissions in base-year (October 2010 to October 2011) and the annual average carbon increment of university sinks (urban trees, native and planted forests). We used data collected at university, and ABNT NBR ISO 14064 and IPCC database. The final results indicated that main campus of UFV own huge forest field that represents 39.84% overall. However, these areas were not enough to compensate 6,034.18 tCO2eq. released of the university. Therefore, the global GHG emissions and removals at main campus of UFV was negative (727.02 tCO2eq. of shortfall). Although this result, carbon sinks were important to offset part of GHG generated.

Keywords

florestas urbanas, emissão e remoção de gases, neutralização, balanço rural e urbano
588e227ce710ab87018b47c8 floram Articles
Links & Downloads

FLORAM

Share this page
Page Sections