Floresta e Ambiente
https://floram.org/article/doi/10.4322/floram.2013.017
Floresta e Ambiente
Original Article Forest Products

Perda de Volume como Ferramenta para Avaliação da Secagem da Madeira de Eucalipto

Volume Loss as a Tool to Assess Kiln Drying of Eucalyptus Wood

Batista, Djeison Cesar; Klitzke, Ricardo Jorge; Rocha, Márcio Pereira; Muniz, Graciela Ines B.; Batista, Tharcia Ribeiro

Downloads: 0
Views: 318

Resumo

O objetivo deste trabalho foi avaliar a qualidade da secagem da madeira de Eucalyptus grandis, Eucalyptus saligna e Eucalyptus dunnii, em termos de perda de volume. A madeira das três espécies foi seca conjuntamente, com o mesmo programa de secagem e condições ambientais, em uma câmara-piloto de secagem convencional. Foram avaliados três tipos de perda de volume: total – da condição saturada (inicial) até a aplainada (final); contração – da condição saturada até 10% de umidade; usinagem – da condição saturada até a aplainada. A madeira de Eucalyptus grandis foi a mais estável dimensionalmente e apresentou a menor perda de volume na contração. Embora tenham comportamentos diferentes de estabilidade dimensional, as madeiras de Eucalyptus grandis e Eucalyptus saligna apresentaram a mesma qualidade de secagem, levando-se em consideração as perdas de volume no aplainamento e total. Estas espécies podem ser consideradas a mesma para a secagem convencional. A madeira de Eucalyptus dunnii apresentou a pior qualidade de secagem e não deve ser seca na mesma carga que as demais.

Palavras-chave

qualidade da secagem, agrupamento de species, contração e aplainamento, Eucalyptus spp

Abstract

In this study, we aimed to analyze the kiln drying quality of Eucalyptus grandis, Eucalyptus saligna and Eucalyptus dunnii woods with respect to volume loss. Wood from the three species was kiln dried together with the same drying schedule and conditions in a conventionaltemperature pilot kiln. Three kinds of volume loss were evaluated: total - from saturated (initial) to machined (final) condition; shrinkage – from saturated to 10% moisture content; and machining – from 10% moisture content to machined condition. Eucalyptus grandis wood was the most dimensionally stable and presented the smallest volume loss due to shrinkage. Although they had different shrinkage behaviors, Eucalyptus grandis and Eucalyptus saligna woods presented the same drying quality regarding machining and total volume losses. These species can be considered the same for kiln drying. Eucalyptus dunnii wood presented the worst quality in drying, and should not be kiln dried in the same batch with the other species.

Keywords

drying quality, species grouping, shrinkage and machining, Eucalyptus spp
588e2270e710ab87018b4799 floram Articles
Links & Downloads

FLORAM

Share this page
Page Sections