Floresta e Ambiente
https://floram.org/article/doi/10.1590/2179-8087.132015
Floresta e Ambiente
Original Article Silviculture

Sobrevivência e Frutificação de Bertholletia excelsa Bonpl. em Áreas Desmatadas em Oriximiná, Pará

Survival and Fructification of Bertholletia excelsa Bonpl. in Deforested Areas, Oriximiná, Pará

Scoles, Ricardo; Canto, Marcelo Serrão; Almeida, Renato Glauber; Vieira, Dayanne Pinheiro

Downloads: 1
Views: 481

Resumo

Analisaram-se as condições biológicas (sobrevivência, reprodução, rebrotação) e estrutura de populações de castanheira (Bertholletia excelsa Bonpl.) nas margens de estradas em áreas desmatadas (Oriximiná, Pará). Identificaram-se 441 árvores de castanheira (Diâmetro à Altura do Peito – DAP > 10 cm). De cada árvore, coletaram-se as coordenadas geográficas, dados dendrométricos e registrou-se o estado vital e reprodutivo, assim como evidências de perturbação e rebrotamento. Cerca de 75% das castanheiras foram encontradas em estado morto. A estrutura populacional das árvores vivas é envelhecida (DAP médio, 159 ± 0,55 cm), com baixa presença de jovens improdutivos (4,6%). Pouco mais da metade das castanheiras adultas sobreviventes (DAP > 40 cm) apresentou evidências de frutificação. As árvores com frutos apresentaram uma área de copa significativamente maior que as improdutivas. São necessárias medidas urgentes de conservação e reflorestamento da população de castanheiras na região do estudo, em conformidade da legislação ambiental vigente.

Palavras-chave

desmatamento, conservação, castanheira.

Abstract

This study assessed biological conditions (survival, produtivity, regrowth) and structure of populations of Brazil nut tree (Bertholletia excelsa Bonpl.) in the proximity to the deforested roadside (Oriximiná, Pará) We studied 441 trees (Diameter at Breast Height – DBH > 10 cm), and collected geographic coordinates, dendrometric data, record of reproductive and biological status and evidence of disturbance and regrowth; 75% of the nut trees was dead. The population structure of survivors Brazil nut tree is aged (DBH average, 159 ± 0.55 cm), with low presence of young tree (DBH < 40 cm, 4.6%). Little over half of the surviving adult nut trees (DBH > 40 cm) showed evidence of fruiting; with an area of crown significantly higher than the non-productive trees. It is recommended the adoption of urgent measures for conservation and reforestation of the population of Brazil nut trees in the study area in accordance with the current environmental law.

Keywords

deforestation, conservation, Brazil nut tree.
588e22a2e710ab87018b4869 floram Articles
Links & Downloads

FLORAM

Share this page
Page Sections