Floresta e Ambiente
https://floram.org/article/doi/10.1590/2179-8087.031116
Floresta e Ambiente
Original Article Wood Science and Technology

Lumber Yield of Four Native Forest Species of the Amazon Region

Rafael Rodolfo de Melo; Jessyca Mayra Fruett Dacroce; Francisco Rodolfo Junior; Gerson dos Santos Lisboa; Luciano Cavalcante de Jesus França

Downloads: 5
Views: 349

Abstract

ABSTRACT: The objective of this study was to evaluate the volumetric lumber yield of four native species of the Amazon Region: Cedrinho (Erisma uncinatum Warm), Cumaru ( Dipteryx odorata Aublet), Garapeira (Apuleia leiocarpa Voguel), and Cambará (Qualea paraensis Ducke). Twelve logs of each species with different diameters were randomly selected from different sawmills in northern Mato Grosso state, Brazil. Additionally, the influence of diameter on the yield of each species was evaluated through regression analysis. Among the evaluated species, Cedrinho obtained the highest yield values, followed by Garapeira. Cumaru and Cambará showed the lowest yields, and did not differ statistically. Log diameter negatively influenced lumber yield, except for Cumaru wood, which did not present a clear relation between these parameters.

Keywords

diameter, sawmills, tropical wood

References

Biasi CP, Rocha MP. Rendimento em madeira serrada e quantificação de resíduos para três espécies tropicais. Floresta 2007; 37(1): 95-108. http://dx.doi.org/10.5380/rf.v37i1.7845.

Botin AA. Influência das diferentes alturas de corte na qualidade produtividade e rendimento da madeira serrada de Qualea sp. na região norte do Estado de Mato Grosso [monografia]. Sinop: Instituto de Ciências Agrárias e Ambientais, Universidade Federal de Mato Grosso; 2011.

Campos JCC, Leite HG. Mensuração florestal: perguntas e respostas . 3. ed. Viçosa: UFV; 2009.

Centro das Indústrias Produtoras e Exportadoras de Madeira do Estado de Mato Grosso – CIPEM. Base florestal de MT quer consolidar raízes e crescer ainda mais [online]. Cuiabá: CIPEM; 2014 [cited 2014 Out. 27]. Available from: http://www.cipem.org.br/conteudo.php?sid=44&cid=3081&parent=0

Fontes PJP. Autossuficiência energética em serraria de Pinus e aproveitamento dos resíduos [dissertação]. Curitiba: Setor de Ciências Agrárias, Universidade Federal do Paraná; 1994.

Garcia FM. Rendimento operacional de uma serraria com a espécie cambará (Qualea albiflora Warm.) na região Amazônica [dissertação]. Botucatu: Faculdade de Ciências Agrárias, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho; 2013.

Melo RR, Pastore KC, Mascarenhas ARP, Acosta FC, Pedrosa TD, Serenini L Jr. Vouchers for releasing forestry credit (CLCF) for Sinop, Mato Grosso, Brazil. Nativa 2015; 3(1): 36-43. http://dx.doi.org/10.14583/2318-7670.v03n01a06.

Miranda GM, Da Silva ML, Machado CC, Leite HG. Contribuição da casca na composição do custo de transporte da madeira de eucalipto. Revista Árvore 2002; 26(2): 145-148.

Murara MIM Jr, Rocha MP, Trugilho PF. Estimativa do rendimento em madeira serrada de pinus para duas metodologias de desdobro. Floresta e Ambiente 2013; 20(4): 556-563.

Nogueira M. Técnicas de serraria. In: Oliveira JTS, Fiedler NC, Nogueira M. Tecnologias aplicadas ao setor madeireiro.Vitória: Aquarius; 2007. p. 165-183.

Oliveira AD, Martins EP, Scolforo JRS, Rezende JLP, Souza AN. Viabilidade econômica de serrarias que processam madeira de florestas nativas – o caso do município de Jarú, estado de Rondônia. Cerne 2003; 9(1): 1-15.

Rocha MP. Eucalyptus grandis Hill ex Maiden e Eucalyptus dunnii Maiden como fontes de matéria prima para serrarias [tese]. Curitiba: Setor de Ciências Agrárias, Universidade Federal do Paraná; 2000.

Rocha MP. Técnicas de serrarias. In: Oliveira JTS, Fiedler NC, Nogueira M, organizadores. Tecnologias aplicadas ao setor madeireiro. Jerônimo Monteiro: Suprema; 2007. p. 209-270.

Vital BR. Planejamento e operação de serrarias. Viçosa: UFV; 2008.
 

5c4613570e88253b3075a622 floram Articles
Links & Downloads

FLORAM

Share this page
Page Sections