Floresta e Ambiente
https://floram.org/article/doi/10.1590/2179-8087.029818
Floresta e Ambiente
Original Article Conservation of Nature

Litterfall in the Semideciduous Seasonal Forest in Southern Brazil

Grasiele Dick; Mauro Valdir Schumacher

Downloads: 0
Views: 31

Abstract

Abstract: Litterfall and nutrient cycling are essential processes for the forest diversity and productivity maintenance. This study aims to characterize the litterfall and evaluate if it has correlations with climatic variables in the Semideciduous Seasonal Forest on advanced succession stage, in Southern Brazil. During the 2007-2010 period, the litterfall was collected every month, sorted into leaves, twigs, and miscellaneous fractions. The litterfall amount average was 7.75 Mg ha-1 year-1 and leaves constituted the highest litterfall percentage (75.0%), followed by twigs (14.7%), and miscellaneous (10.3%). Higher leaf amounts were recorded in August and September. The minimum air temperature was negatively correlated with the leaves and twigs production, that is, the litterfall amount increases when the air temperature decreases. The litterfall amount corresponds to values expected to advanced successional stage of the forest typology studied. In Semideciduous Seasonal Forest in Southern Brazil, the thermal stress exerts influence on the litterfall amount.

Keywords

nutrient cycling, forest nutrition, seasonality

References

Alonso JM, Leles PSS, Ferreira LN, Oliveira NSA. Aporte de serapilheira em plantio de recomposição florestal em diferentes espaçamentos. Ciência Florestal 2015; 25(1): 1-11. 10.5902/1980509817439

Dias HCT, Figueira MD, Silveira V, Fontes MAL, Oliveira-Filho AT, Scolforo JRS. Variação temporal de nutrientes na serapilheira de um fragmento de floresta estacional semidecidual Montana em Lavras, MG. Cerne 2002; 8(2): 1-16.

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - EMBRAPA. Sistema brasileiro de classificação de solos. 3rd ed. Brasília, DF: EMBRAPA; 2013.

Ferreira ML, Silva JL, Pereira EE, Lamano-Ferreira APN. Litter fall production and decomposition in a fragment of secondary Atlantic Forest of São Paulo, SP, southeastern Brazil. Revista Árvore 2014; 38(4): 591-600. 10.1590/S0100-67622014000400002

Fundação de Pesquisas Florestais do Paraná - FUPEF. Conservação do bioma floresta com araucária: relatório final: diagnóstico dos remanescentes florestais. Curitiba: FUPEF; 2001.

Ivanauskas NM, Assis MC. Formações florestais brasileiras. In: Martins SV, editor. Ecologia de florestas tropicais no Brasil. Viçosa: Editora UFV; 2012. p. 252-293.

Kimmins JP. Forest ecology. New York: Collier Macmillan Canada; 1987.

König FG, Schumacher MV, Brun EJ, Seling I. Avaliação da sazonalidade da produção de serapilheira numa floresta estacional decidual no município de Santa Maria-RS. Árvore 2002; 26(4): 429-435. 10.1590/S0100-67622002000400005

Lopes MIS, Domingos M, Struffaldide YV. Ciclagem de nutrientes minerais. In: Sylvestre LS, Rosa MMT. Manual metodológico para estudos botânicos na Mata Atlântica. Seropédica: EDUR; 2002. p. 72-102.

Martins SV, Rodrigues RR. Produção de serapilheira em clareiras de uma floresta estacional semidecidual no município de Campinas, SP. Revista Brasileira de Botânica 1999; 22(3): 405-412. 10.1590/S0100-84041999000300009

Matzenauer R, Radin B, Almeida IR, editors. Atlas climático do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: FEPAGRO; 2011.

Menezes CEG, Pereira MG, Correia MEF, Anjos LHC, Paula RR, Souza ME. Aporte e decomposição da serapilheira e produção de biomassa radicular em florestas com diferentes estágios sucessionais em Pinheiral, RJ. Ciência Florestal 2015; 20(3): 439-452. 10.5902/198050982059

Pereira MG, Menezes LFT, Schultz N. Aporte e decomposição da serapilheira na Floresta Atlântica, Ilha da Marambaia, Mangaratiba, RJ. Ciência Florestal 2008; 18(4): 443-454. 10.5902/19805098428

Pezzato AW, Wisniewski C. Produção de serapilheira em diferentes seres sucessionais da floresta estacional semidecidual no oeste do Paraná. Floresta 2006; 36(1): 111-120. 10.5380/rf.v36i1.5596

Pimenta JA, Rossi LB, Torezan JMD, Cavalheiro AL, Bianchini E. Produção de serapilheira e ciclagem de nutrientes de um reflorestamento e de uma floresta estacional semidecidual no sul do Brasil. Acta Botanica Brasilica 2011; 25(1): 53-57. 10.1590/S0102-33062011000100008

Pinto SIC, Martins SV, Barros NF, Dias HCT. Ciclagem de nutrientes em dois trechos de floresta estacional semidecidual na reserva florestal Mata do Paraíso em Viçosa, MG, Brasil. Árvore 2009; 33(4): 653-663. 10.1590/S0100-67622009000400008

Poggiani F. Ciclagem de nutrientes em florestas do Brasil. In: Martins SV, editor. Ecologia de florestas tropicais no Brasil. Viçosa: Editora UFV; 2012. p. 175-251.

Santos Neto AP, Barreto PAB, Gama-Rodrigues EF, Novaes AB, Paula A. Produção de serapilheira em floresta estacional semidecidual e em plantios de Pterogyne nitens Tul. e Eucalyptus urophylla S. T. Blake no sudoeste da Bahia. Ciência Florestal 2015; 25(3): 633-643. 10.5902/1980509819614

Silva FAS, Azevedo CAV. Versão do programa computacional Assistat para o sistema operacional Windows. Revista Brasileira de Produção Agroindustrial 2002; 4(1): 71-78.

Taiz L, Zeiger E. Fisiologia vegetal. 5th ed. Porto Alegre: Artmed; 2013.

Toledo LO, Pereira MG, Menezes CEG. Produção de serapilheira e transferência de nutrientes em florestas secundárias localizadas na região de Pinheiral, RJ. Ciência Florestal 2002; 12(2): 9-16. 10.5902/198050981676

Viani RAG, Costa JC, Rozza AF, Bufo LVB, Ferreira MAP, Oliveira ACP. Caracterização florística e estrutural de remanescentes florestais de Quedas do Iguaçu, sudoeste do Paraná. Biota Neotropica 2011; 11(1): 115-128. 10.1590/S1676-06032011000100011

Vital ART, Guerrini IA, Franken WK, Fonseca RCB. Produção de serapilheira e ciclagem de nutrientes de uma floresta estacional semidecidual em zona ripária. Árvore 2004; 28(6): 793-800. 10.1590/S0100-67622004000600004

Werneck MS, Pedralli G, Gieseke LF. Produção de serapilheira em três trechos de uma floresta semidecídua com diferentes graus de perturbação na Estação Ecológica do Tripuí, Ouro Preto, MG. Revista Brasileira de Botânica 2001; 24(2): 195-198. 10.1590/S0100-84042001000200009
 

5eb94db60e88250e6ec7a686 floram Articles
Links & Downloads

FLORAM

Share this page
Page Sections