Floresta e Ambiente
https://floram.org/article/doi/10.1590/2179-8087.014018
Floresta e Ambiente
Original Article Silviculture

Reuse of Residues as Substrate for Production of Eucalyptus (Eucalyptus urograndis) Seedlings

Paola Alfonsa Vieira Lo Monaco; Gevson Roldi Junior; Ismail Ramalho Haddade; Marcelo Rodrigo Krause; Louise Pinto Guisolfi; Karoline Matiello Almeida

Downloads: 0
Views: 152

Abstract

Abstract: Studies about crop residue management have become essential due to the possibility of their use in forest seedlings production. This study evaluated the effect of coffee moinha (MO) on substrates composed of vermiculite (VE), coconut fiber (CF) and carbonized rice husk (CRH) in the development of Eucalyptus seedlings. The experiment was conducted in a completely randomized design, with five treatments of increasing proportions of MO/decreasing proportions of CRH (0/28, 7/21, 14/14, 21/7 and 28/0%) and fixed proportions of VE (36%) and CF (36%) in the substrate. At 85 days after planting, the following parameters were assessed: shoot height, stem diameter, root dry mass, shoot dry mass, emergence percentage and Dickson’s quality index (DQI). The results showed CRH could be fully substituted by MO (28%) in the substrate composition because the assessed variables presented lower values than the control treatment (0% MO + 28% CRH + 36% VE + 36% CF). Moreover, the maximum vegetative development in Eucalyptus seedlings was achieved when CRH was replaced by up to 20% MO. In this way, MO becomes an alternative as a substrate component for Eucalyptus seedlings production.

Keywords

forest seedlings, environmental economics, agricultural residues.

References

Alfenas AC, Zauza AAV, Mafia RG, Assis TF. Clonagem e doenças do eucalipto. 2nd ed. Viçosa: UFV; 2009.

Caldeira MV, Delarmelina WM, Peroni L, Gonçalves EO, Silva AG. Lodo de esgoto e vermiculita na produção de mudas de eucalipto. Pesquisa Agropecuária Tropical 2013; 43(2): 155-163. 10.1590/S1983-40632013000200002

Caldeira MV, Rosa GN, Fenilli TAB, Harbs RMP. Composto orgânico na produção de mudas de aroeira-vermelha. Scientia Agraria 2008; 9(1): 27-33. 10.5380/rsa.v9i1.9898

Caldeira MV, Wendling I, Penchel RM, Gonçalves EO, Kratz D, Trazzi PA. Principais tipos e componentes de substratos para produção de mudas de espécies florestais. In: Caldeira MVW, Garcia GO, Gonçalves EO, Arantes MDC, Fiedler NC. Contexto e perspectivas da área florestal no Brasil. Visconde do Rio Branco: Suprema; 2011. p. 51-100.

Carrijo OA, Liz RS, Makishima N. Fibra da casca do coco verde como substrato agrícola. Horticultura Brasileira 2002; 20(4): 533-535. 10.1590/S0102-05362002000400003

Da Ros CO, Rex FE, Ribeiro IR, Kafer PS, Rodrigues AC, Silva RF, Somavilla L. Uso de substrato compostado na produção de mudas de Eucalyptus dunnii e Cordia trichotoma. Floresta e Ambiente 2015; 22(4): 549-558. 10.1590/2179-8087.115714

Delarmelina WM, Caldeira MVW, Faria JCT, Gonçalves EO, Rocha RLF. Diferentes substratos para a produção de Sesbania virgata. Floresta e Ambiente 2014; 21(2): 224-233. 10.4322/floram.2014.027

Dickson A, Leaf AL, Hosner JF. Quality appraisal of white spruce and white pine seedling stock in nurseries. Forestry Chronicle 1960; 36(1): 10-13. 10.5558/tfc36010-1

Figuerêdo KS, Silva RR, Dias MAR, Freitas GA, Ribeiro MMC, Melo AV. Adição de casca de arroz carbonizada em diferentes substratos para produção de mudas de Eucalyptus globulus. Journal Biotechnology and Biodiversity 2014; 5(1): 71-78. 10.20873/jbb.uft.cemaf.v5n1.figueredo

Gravina GA, Cecon PR, Martins Filho S, Sediyama CS. Transformação de dados nas estimativas de parâmetros genéticos de resistência dos cultivares de soja Uberaba e Bossier à Cercospora sojina Hara. Ceres 2004; 51(294): 215-225.

Harter LSH, Harter FS, Deuner C, Meneghello GE, Villela FA. Salinidade e desempenho fisiológico de sementes e plântulas de mogango. Horticultura Brasileira 2014; 32(1): 80-85. 10.1590/S0102-05362014000100013

Klein VA, Camara RK, Simon MA, Dias ST. Casca de arroz carbonizada como condicionador de substrato. In: Furlani AMC. Caracterização, manejo e qualidade de substrato para produção de plantas. Campinas: Instituto Agronômico; 2002.

Kostopoulou P, Radoglou K, Dini-Papanastasi O, Adamidou C. Effect of mini-plug container depth on root and shoot growth of four forest tree species during early developmental stages. Turkish Journal of Agriculture and Forestry 2011; 35(4): 379-390. 10.3906/tar-1104-11

Lopes JLW, Guerrini IA, Saad JCC. Qualidade de mudas de eucalipto produzidas sob diferentes lâminas de irrigação e dois tipos de substrato. Revista Árvore 2007; 31(5): 835-843. 10.1590/S0100-67622007000500007

Matos AT. Manual de análise de resíduos sólidos e águas residuárias. Viçosa: UFV; 2015.

Malavolta E. Elementos de nutrição mineral de plantas. São Paulo: Agronômica Ceres; 1980.

Meneghelli CM, Monaco PAV, Haddade IR, Meneghelli LAM, Krause MR. Resíduo da secagem dos grãos de café como substrato alternativo em mudas de café conilon. Coffee Science 2016; 11(3): 330-335.

Rocha DN, Souza AE, Queiroz LM, Pontes CA. Utilização do lodo da estação de tratamento de água na produção de mudas de eucalipto. Revista Agrogeoambiental 2015; 17(3): 11-20. 10.18406/2316-1817v7n32015617

SAEG: Sistema de Análises Estatísticas (versão 9.1) [Internet]. Viçosa: Fundação Arthur Bernardes; 2007 [cited 2020 Mar. 16]. Available from: Available from: https://bit.ly/2TU1BKT .

Saidelles FLF, Caldeira MVW, Schirmer WN, Sperandio HV. Casca de arroz carbonizada como substrato para produção de mudas de tamboril-da-mata e garapeira. Semina: Ciências Agrárias 2009; 30(1): 1173-1186. 10.5433/1679-0359.2009v30n4Sup1p1173

Silva RBG, Simões D, Silva MR. Qualidade de mudas clonais de Eucalyptus urophylla × E. grandis em função do substrato. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental 2012; 16(3): 297-302. 10.1590/S1415-43662012000300010

Silva RF, Eitelwein MT, Cherubin MR, Fabbris C, Weirich S, Pinheiro RR. Produção de mudas de Eucalyptus grandis em substratos orgânicos alternativos. Ciência Florestal 2014; 24(3): 609-619. 10.5902/1980509815745

Simões D, Silva RBG, Silva MR. Composição do substrato sobre o desenvolvimento, qualidade e custo de produção de mudas de Eucalyptus grandis Hill ex Maiden × Eucalyptus urophylla S. T. Blake. Ciência Florestal 2012; 22(1): 91-100. 10.5902/198050985082

Souza CAM, Oliveira RB, Martins Filho S, Lima JSS. Crescimento em campo de espécies florestais em diferentes condições de adubação. Ciência Florestal 2006; 16(3): 243-249. 10.5902/198050981905

Steffen GPK, Antoniolli ZI, Steffen RB, Schiedeck G. Utilização de vermicomposto como substrato na produção de mudas de Eucalyptus grandis e Corymbia citriodora. Pesquisa Florestal Brasileira 2011; 31(66): 75-82. 10.4336/2011.pfb.31.66.75

Toledo FHSF, Venturin N, Carlos L, Dias BAS, Venturin RP, Macedo RLG. Composto de resíduos da fabricação de papel e celulose na produção de mudas de eucalipto. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental 2015; 19(7): 711-716. 10.1590/1807-1929/agriambi.v19n7p711-716

Vidal LHI, Souza JRP, Fonseca EP, Bordin I. Qualidade de mudas de guaco produzidas por estaquia em casca de arroz carbonizada com vermicomposto. Horticultura Brasileira 2006; 24(1): 26-30. 10.1590/S0102-05362006000100006

Walker C, Araújo MM, Maciel CG, Marcuzzo SB. Viveiro florestal: evolução tecnológica e legalização. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável 2011; 6(5): 8-14.

Wendling I, Dutra LF. Produção de mudas de eucalipto por sementes. In: Wendling I, Dutra LF. Produção de mudas de eucalipto. Colombo: Embrapa Florestas; 2010. p. 13-47.

Zanetti R. Manejo de pragas de viveiros florestais. In: Davide AC, Silva EAA. Produção de sementes e mudas de espécies florestais. Lavras: UFLA; 2008. p. 125-139.
 

5ec43a620e88253144ba8f8e floram Articles
Links & Downloads

FLORAM

Share this page
Page Sections