Floresta e Ambiente
https://floram.org/article/doi/10.1590/2179-8087.008317
Floresta e Ambiente
Original Article Conservation of Nature

Bee Flora and Use of Resources by Africanized Bees

Joseane Inácio da Silva Moraes; Maria Teresa do Rêgo Lopes; Regina Lucia Ferreira-Gomes; Angela Celis de Almeida Lopes; Fábia de Mello Pereira; Bruno de Almeida Souza; Leudimar Aires Pereira

Downloads: 0
Views: 116

Abstract

Abstract: Beekeeping is affected by adverse climatic conditions and availability of floral resources. This study aimed to survey and characterize the flora in São João do Piauí, a semi-arid region in Piauí, Brazil, and to identify species providing resources to bees. Flowering plants were observed for 18 months, and records were taken of flowering date, growth habit, visitation and resources collected by bees. Melissopalinological analysis of honey produced in the area was performed. A total of 67 flowering plant species were recorded, of which 49 were considered as bee plants, with a predominance of herbs and shrubs. The low rainfall reduces the number of flowering species, which makes important the conservation and multiplication of species which bloom in dry season, such as Ipomoea glabra, Myracrodruon urundeuva, Sida cordifolia and Ziziphus joazeiro, as well as species that contribute to honey production such as Mimosa tenuiflora, Mesosphaerum suaveolens and Croton sonderianus.

Keywords

nectar, pollen, floral resources

References

Alcoforado Filho FG, Gonçalves JC. Flora apícola e mel orgânico. In: Vilela SLO, editor. Cadeia produtiva do mel no estado do Piauí. Teresina: Embrapa Meio-Norte; 2000. p. 48-59.

Almeida D, Marchini LC, Sodré GS, D’Ávila M, Arruda CD. Plantas visitadas por abelhas e polinização. Piracicaba: ESALQ; 2003 (Série Produtor Rural, Edição Especial).

Andena SR, Bego LR, Mechi MR. A comunidade de abelhas (Hymenoptera, Apoidea) de uma área de cerrado (Corumbataí, SP) e suas visitas às flores. Revista Brasileira de Zoociências 2005; 7(1): 55-91.

Andrade AD Jr, Bastos EA, Barros AHC, Silva CD, Gomes AAN. Classificação climática do Estado do Piauí. Teresina: Embrapa Meio-Norte; 2004.

Angiosperm Phylogeny Group - APG III. An update of the Angiosperm Phylogeny Group classification for the orders and families of flowering plants: APG III. Botanical Journal of the Linnean Society 2009; 161(2): 105-121. 10.1111/j.1095-8339.2009.00996.x

Araújo EL, Silva KA, Ferraz EMN, Sampaio EVSB, Silva SI. Diversidade de herbáceas em microhabitats rochoso, plano e ciliar em uma área de caatinga, Caruaru-PE. Acta Botanica Brasilica 2005; 19(2): 282-297. 10.1590/S0102-33062005000200011

Barth OM. Análise microscópica de algumas amostras de mel. 1. Pólen dominante. Anais da Academia Brasileira de Ciências 1970a; 42(3): 351-366.

Barth OM. Análise microscópica de algumas amostras de mel. 2. Pólen acessório. Anais da Academia Brasileira de Ciências 1970b; 42(3): 571-590.

Barth OM. Análise microscópica de algumas amostras de mel. 3. Pólen isolado. Anais da Academia Brasileira de Ciências 1970c; 42(4): 747-772.

Barth OM. Análise microscópica de algumas amostras de mel. 4. Espectro polínico de algumas amostras de mel do estado do Rio de Janeiro. Revista Brasileira de Biologia 1970d; 30(4): 575-582.

Barth OM. O pólen no mel brasileiro. Rio de Janeiro: Luxor; 1989.

Castro MS. Composição, fenologia e visita às flores pelas espécies de Apidae em um ecossistema de caatinga [dissertação]. São Paulo: Instituto de Biociências, Universidade de São Paulo; 1994.

Chaves EMF, Barros RFM, Araújo FS. Flora apícola do Carrasco no município de Cocal, Piauí, Brasil. Revista Brasileira de Biociências 2007; 5(1): 555-557.

Crane E. O livro do mel. São Paulo: Nobel; 1983.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE. Mel. Produção da Pecuária Municipal 2018 [cited 2020 Feb. 18]; 46: 7. Available from: Available from: http://bit.ly/3bHOeo9

Instituto Nacional de Meteorologia - INMET. Banco de Dados Meteorológicos para Ensino e Pesquisa. Dados Históricos [Internet]. [2015?] [cited 2015 Nov. 10]. Available from: Available from: http://bit.ly/2u9LKOh

Lopes MTR, Barbosa AL, Vieira Neto JM, Pereira FM, Camargo RCR, Ribeiro VQ et al. Alternativas de sombreamento para apiários. Pesquisa Agropecuária Tropical 2011; 41(3): 299-305. 10.5216/pat.v41i3.8919

Lopes CGR, Beirão DCC, Pereira LA, Alencar LC. Levantamento da flora apícola em área de cerrado no município de Floriano, estado do Piauí, Brasil. Revista Brasileira de Biociências 2016; 14(2): 102-110.

Lorenzon MC, Matrangolo CA, Schoereder JH. Flora visitada pelas abelhas eussociais (Hymenoptera, Apidae) na Serra da Capivara, em Caatinga do Sul do Piauí. Neotropical Entomology 2003; 32(1): 27-36. 10.1590/S1519-566X2003000100004

Louveaux JA, Maurizio A, Vorwohl G. Methods of melissopalynology. Bee World 1978; 59(4): 139-157. 10.1080/0005772X.1978.11097714

Maia-Silva C, Silva CI, Hrncir M, Queiroz RT, Imperatriz-Fonseca VL. Guia de plantas visitadas por abelhas na caatinga. Fortaleza: Fundação Brasil Cidadão; 2012.

Marengo JA. Vulnerabilidade, impactos e adaptação à mudança do clima no semiárido do Brasil. Parcerias Estratégicas 2008; 27: 149-176.

Malerbo-Souza DT, Silva FAS. Comportamento forrageiro da abelha africanizada Apis mellifera L. no decorrer do ano. Acta Scientiarum. Animal Sciences 2011; 33(2): 183-190. 10.4025/actascianimsci.v33i2.9252

Martins CF, Laurino MC, Koedam D, Fonseca VLI. Espécies arbóreas utilizadas para nidificação por abelhas sem ferrão na caatinga (Seridó, PB; João Câmara, RN). Biota Neotropica 2004; 4(2): 1-8. 10.1590/S1676-06032004000200003

Milet-Pinheiro P, Schlindwein C. Community of bees (Hymenoptera, Apoidea) and plants in an area of Agreste in Pernambuco, Brazil. Revista Brasileira de Entomologia 2008; 52(4): 625-636. 10.1590/S0085-56262008000400014

Pereira DS, Holanda-Neto JP, Sousa LCFS, Coelho DC, Silveira DC, Hernandez ML. Mitigação do comportamento de abandono de abelhas Apis mellifera L. em apiários no Semiárido Brasileiro. ACTA Apicola Brasilica 2014; 2(2): 1-10. 1018378/aab.v2i2.3507

Pereira FM, Freitas BM, Alves JE, Camargo RCR, Lopes MTR, Vieira Neto JM et al. Flora apícola no Nordeste. Teresina: Embrapa Meio-Norte; 2006.

Pereira FM, Freitas BM, Lopes MTR. Nutrição e alimentação das abelhas. Teresina: Embrapa Meio-Norte; 2011.

Reis AMS, Araújo EL, Ferraz EMN, Moura AN. Variações interanuais na composição florística e estrutura das populações de uma comunidade herbácea da caatinga, Pernambuco, Brasil. Revista Brasileira de Botânica 2006; 29(3): 497-508. 10.1590/S0100-84042006000300017

Rodarte ATA, Silva FOD, Viana BF. A flora melitófila de uma área de dunas com vegetação de caatinga, estado da Bahia, Nordeste do Brasil. Acta Botanica Brasilica 2008; 22(2): 301-312. 10.1590/S0102-33062008000200001

Rolim GS. Flora apícola para Apis mellifera L.(Hymenoptera: Apidae) em municípios sergipanos [dissertação]. São Cristóvão: Universidade Federal de Sergipe; 2015.

Santos E, Matos H, Alvarenga J, Sales MCL. A seca no Nordeste no ano de 2012: relato sobre a estiagem na região e o exemplo de prática de convivência com o semiárido no distrito de Iguaçu/Canindé-Ce. Revista Geonorte 2012; 2(1): 819-830.

Santos FAR, Oliveira AV, Lima LCL, Barros RFM, Schlindwein CP, Martins CF et al. Apícolas. In: Sampaio EVSB, Pareyn FGC, Figuerôa JM, Santos AG Jr, editors. Espécies da flora nordestina de importância econômica potencial. Recife: APNE; 2005. p. 15-26.

Santos, RF, Kiill LHP, Araújo JLP. Levantamento da flora melífera de interesse apícola no município de Petrolina-PE. Revista Caatinga 2006; 19(3): 221-227.

Santos RG, Domingos HGT, Gramacho KP, Gonçalves LS. Sombreamento de colmeias de abelhas africanizadas no Semiárido brasileiro. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável 2017; 12(5): 828-836. 10.18378/rvads.v12i5.5407

Scudeller VV, Vieira MF, Carvalho-Okano RM. Distribuição espacial, fenologia da floração e síndrome floral de espécies de Bignonieae (Bignoniaceae). Rodriguésia 2008; 59(2): 297-307. 10.1590/2175-7860200859203

Silva CADL, Silva DP, Pinto MSC, Silva KB, Targino LC. Levantamento da flora apícola em municípios da microrregião de Catolé do Rocha-PB. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável 2014a; 9(3): 223-235.

Silva Filho JP, Silva RA, Silva MJS. Potencial apícola para Apis mellifera L. em área de caatinga no período da floração da oiticica (Licania rígida Benth). Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável 2010; 5(1): 120-128. 10.18378/rvads.v5i1.251

Silva GAR, Bastos EM, Sobreira JAR. Levantamento da flora apícola em duas áreas produtoras de mel no estado do Piauí. Enciclopédia Biosfera 2014b; 10(18): 3305-3316.

Silva JS, Sales MF, Carneiro-Torres DS. The genus Croton (Euphorbiaceae) from the microregion of Ipanema Valley, Pernambuco, Brazil. Rodriguésia 2009; 60(4): 879-901. 10.1590/2175-7860200960409

Silva VPR, Pereira ERR, Azevedo PV, Sousa FAS, Sousa IF. Análise da pluviometria e dias chuvosos na região Nordeste do Brasil. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental 2011; 15(2): 131-138. 10.1590/S1415-43662011000200004

Silva RD, Evangelista-Rodrigues A, Aquino IDS, Felix LP, Mata MF, Peronico AS. Caracterização da flora apícola do semiárido da Paraíba. Archivos de Zootecnia 2008; 57(220): 427-438.

Sodré GS, Marchini LC, Moreti ACCC, Carvalho CAL. Tipos polínicos encontrados em amostras de méis de Apis Mellifera em Picos, estado de Piauí. Ciência Rural 2008; 38(3): 839-842. 10.1590/S0103-84782008000300043

Trovão DB, Souza BC, Carvalho ED, Oliveira PB. Espécies vegetais da Caatinga associadas às comunidades de abelhas (Hymenoptera: Apoidea: Apiformis). Revista Caatinga 2009; 22(3): 136-143.

Vidal MF. Efeitos da seca de 2012 nas exportações nordestinas de mel. Informe Rural Etene [Internet] 2014 [cited 2016 July 16]; 8(3). Available from: Available from: https://bit.ly/34oUGMA
 


Submitted date:
01/30/2017

Accepted date:
07/31/2019

5f2850590e8825683f0e493a floram Articles
Links & Downloads

FLORAM

Share this page
Page Sections