Floresta e Ambiente
https://floram.org/article/doi/10.1590/2179-8087.0033
Floresta e Ambiente
Original Article Forest Management

Determinantes para um Sistema de Informação Florestal

Determinants for a Forest Information System

Angelo, Humberto; Almeida, Alexandre Nascimento de; Fontes, Paulo José Prudente de; Souza, Álvaro Nogueira de

Downloads: 0
Views: 261

Resumo

Este trabalho testa a importância relativa de um grupo de temas pré-selecionados, contribuindo para a construção de um Sistema de Informações Florestais para o Brasil – SIFLOR-BR. A metodologia empregada se pauta em um conjunto de 12 módulos temáticos e 58 subtemas para serem avaliados por um grupo de pessoas (método de juízes holístico). As informações referem: 1) Cobertura florestal; 2) Florestas de produção; 3) Propriedade das terras florestais; 4) Indústria de base florestal; 5) Mercado de produtos florestais; 6) Tecnologia de produtos; 7) Biodiversidade florestal; 8) Mudanças florestais e climáticas; 9) Economia e estatística florestal; 10) Legislação florestal; 11) Certificação florestal; 12) Ensino e pesquisa florestal. Conclui-se que as principais informações que deve conter o SIFLOR concentram-se nos temas Produção e Economia florestal.

Palavras-chave

sistema de informações florestais, administração florestal, setor florestal

Abstract

Determinants for a forest information system. This paper tests the relative importance of a group of pre-selected themes for the construction of a Forestry Information System for Brazil – BR-SIFLOR. The methodology that was used lies on a set of 12 thematic modules and 58 sub-themes in order to be evaluated by a group of people (holistic judging method). The information relates to: 1) Forest cover; 2) Production Forests; 3) Ownership of Forest Lands; 4) Forest-based Industry; 5) Forest Products Market; 6) Technology Products; 7) Forest Biological Diversity; 8) Climate Change and Forest; 9) Forest Economics and Statistics; 10) Forest Law; 11) Forest Certification; 12) Forestry Teaching and Research. We conclude that the key information to be included in the SIFLOR focus on themes of Forest Economy and Production.

Keywords

forest information system, forest management, forest sector

References

Albertin AL. Aumentando as chances de sucesso no desenvolvimento e implementação de sistemas de informação. Revista de Administração de Empresas 1996; 36(3): 61-69. http://dx.doi.org/10.1590/S0034-75901996000300008.

Almeida NA, Angelo H, Silva JCGL, Hoeflich VA. Mercado de madeiras tropicais: substituição na demanda de exportação. Acta Amazonica 2010a; 40(1): 119-126. http://dx.doi.org/10.1590/S0044-59672010000100015.

Almeida NA, Angelo H, Silva JCGL, Nuñez BHC. Análise econométrica do mercado de madeira em tora para o processamento mecânico no Estado do Paraná. Scientia Forestalis 2009b; 37(84): 377-386.

Almeida NA, Bittencourt AM, Santos AJ, Eisfeld CL, Souza VS. Evolução da produção e preço dos principais produtos florestais não-madeireiros extrativos do Brasil. Cerne 2009c; 15(3): 282-287.

Almeida NA, Loper AA, Silva JCGL, Hoeflich VA. Modelo estratégico do pólo moveleiro do Alto Vale do Rio Negro sob os conceitos de Porter. Scientia Forestalis 2009a; 37(83): 233-242.

Almeida NA, Silva JCGL, Ângelo H, Nuñez BHC. Análise dos fatores que influenciam o preço da madeira em tora para o processamento mecânico no Paraná. Cerne 2010b; 16(2): 243-250. http://dx.doi.org/10.1590/S0104-77602010000200017.

Angelo H, Almeida NA, Serrano ALM. Determinantes da demanda de madeira em toras para celulose no Brasil. Scientia Forestalis 2009; 37(84): 491-498.

Antoni VL, Damacena C, Lezana AGR. Um modelo preditivo de orientação para o mercado: um estudo no contexto do ensino superior brasileiro. Teoria e Evidência Econômica 2006; 14: 143-165.

Beattie WD, Nascimento JR. Sistema de Informações do Setor Florestal do Brasil-SISF: situação atual e plano de trabalho. Brasília: COPLAN/IBDF/MA; 1979.

Brasil. Ministério do Meio Ambiente – MMA. Exposição de motivos do anteprojeto de lei que dispõe sobre a gestão de florestas públicas. Brasília: MMA/GM; 2005. 8 p.

Brena DA. Inventário Florestal Nacional: Proposta de um Sistema para o Brasil [tese]. Curitiba: Escola de Florestas, Universidade Federal do Paraná; 1995.

Campos MP Fo. Os sistemas de informação e as modernas tendências da tecnologia e dos negócios. Revista de Administração de Empresas 1994; 34(6): 33-45. http://dx.doi.org/10.1590/S0034-75901994000600005.

Davis FD. Perceived usefulness, perceived case of use, and user acceptance of information technology. Management Information Systems Quarterly 1989; 13(3): 983-1002. http://dx.doi.org/10.2307/249008.

Graça LR, Mendes JB, Wiecheteck M. Sistema de Informações Florestais e Ambientais. Curitiba: MMA/PNF; 2002. 26 p. Pré-projeto.

Lachtermacher G. Pesquisa operacional na tomada de decisões. 4. ed. Rio de Janeiro: Elsevier; 2002. 144 p.

Laudon KC, Laudon JP. Sistemas de Informações Gerenciais: administrando a empresa digital. 5. ed. São Paulo: Pearson/Prentice Hall; 2004. 562 p.

Malhotra NK. Pesquisa de marketing: uma orientação aplicada. 3. ed. Porto Alegre: Bookman; 2001.

Nobre SR, Rodriguez LCE, Assis MLR, Amaral TM. Avaliação do uso da tecnologia da informação nos sistemas de administração da produção florestal. In: Anais do 8º Congresso Florestal Brasileiro: Informações gerais e Trabalhos Voluntários; 2003; São Paulo. São Paulo: SBEF, SBS; 2003. 12 p.

Pestana MH, Gageiro JN. Análise de dados para ciências sociais: a complementariedade do SPSS. Lisboa: Edições Silabo; 2005.

Rezende DA. Alinhamento estratégico da tecnologia da informação ao planejamento estratégico: proposta de um modelo de estágios para governança em serviços públicos. Revista de Administração Pública 2004; 38(4): 519-542.

Rodrigues J Fo, Ludmer G. Sistema de Informação: que ciência é essa? Revista Gestão da Tecnologia e Sistemas de Informação 2005; 2(2): 151-156.

Serviço Florestal Brasileiro – SFB. Florestas do Brasil em resumo: 2010. Brasília: MMA; 2010. [citado em 2012 out. 22]. Disponível em: http://www.florestal.gov.br

Silva JCGL, Almeida AN. Modelo de estratégias de marketing internacional. Revista Forestal Latinoamericana 2009; 24(2): 30-45.

Silva JCGL, Almeida AN, Hildebrand E, Sawinski J Jr, Lacowicz PG. Estratégias de posicionamento no mercado internacional das empresas brasileiras de papel e celulose. Floresta 2010; 40(4): 801-812. http://dx.doi.org/10.5380/rf.v40i4.20331.

Soares JS Jr, Quintella RH. Descoberta de conhecimento em bases de dados públicas: uma proposta de estruturação metodológica. Revista da Administração Pública 2005; 39(5): 1077-1107.

Vasques AG, Silva JCGL, Almeida AN. A identificação da orientação estratégica da empresa florestal no Brasil: uma aplicação da teoria de Porter. Floresta 2011; 41(4): 695-706. http://dx.doi.org/10.5380/rf.v41i4.25335.

5a7056960e88255f14f8b080 floram Articles
Links & Downloads

FLORAM

Share this page
Page Sections