Floresta e Ambiente
http://floram.org/article/doi/10.1590/2179-8087.104814
Floresta e Ambiente
Original Article Forest Management

Crescimento e Idade de Espécies Nativas Regenerantes Sob Plantio de Araucaria angustifolia no Paraná

Growth and Ages of Regenerating Native Species Under Plantation of Araucaria angustifolia in Parana State

Figueiredo Filho, Afonso; Retslaff, Franciéle de Souza; Retslaff, Fabiane de Souza; Longhi-Santos, Tomaz; Stepka, Thiago Floriani

Downloads: 0
Views: 127

Resumo

Este trabalho teve como objetivo usar técnicas dendrocronológicas para recuperar o crescimento diamétrico e a idade média de espécies arbóreas estabelecidas sob um povoamento de Araucaria angustifolia implantado em 1949 na Floresta Nacional de Irati, Paraná. Foram amostradas 30 árvores da espécie regenerante Araucaria angustifolia, 24 da espécie regenerante Cedrela fissilis, 24 da espécie regenerante Clethra scabra, 22 da espécie regenerante Ilex paraguariensis e 18 da espécie regenerante Ocotea puberula. O modelo de Chapman-Richards foi utilizado para descrever as curvas de crescimento em diâmetro por espécie, construindo-se curvas de incremento médio anual (IMA) e incremento corrente anual (ICA). As espécies estudadas apresentaram grande potencial para estudos dendrocronológicos e o uso dessa técnica permitiu determinar que a regeneração natural iniciou-se em 1958 e que tinha, em média, 34 anos. A técnica possibilitou também recompor o crescimento em diâmetro por espécie, gerando taxas de crescimento anuais, com as quais se identificaram os anos característicos de alto e baixo crescimento.

Palavras-chave

dendrocronologia, regeneração natural, floresta com Araucária, crescimento e produção.

Abstract

This study aimed to use dendrocronology techniques to recover the diameter growth and the average age of tree species established under an Araucaria angustifolia stand, planted in 1949 in the Irati National Forest, Paraná state. We obtained samples of 30 regenerating trees of the species Araucaria angustifolia, 24 regenerating trees of the species Cedrela fissilis, 24 regenerating trees of the species Clethra scabra, 22 regenerating trees of the species Ilex paraguariensis and 18 regenerating trees of the species Ocotea puberula. The Chapman-Richards model was used to describe the growth curves in diameter by species and curves of mean annual increment (MAI) and current annual increment (CAI) were constructed. Species showed a great potential for dendrochronological studies and the use of this technique allowed determining that natural regeneration began in 1958 and it had an average of 34 years old. The technique also allowed restore growth by species, generating annual growth rates, which identified the characteristic years of high and low growth.

Keywords

dendrochronology, natural regeneration, Araucaria forest, growth and yield.

References

Alvarado RJ. Dendrocronologia de árvores de mogno, Swietenia macrophylla King., Meliaceae, ocorrentes na floresta tropical Amazônica do Departamento de Madre de Dios, Peru [dissertação]. São Paulo: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Universidade de São Paulo; 2009.

Botosso PC, Mattos PP. A idade das árvores: importância e aplicação [online]. Colombo: EMBRAPA Florestas; 2002 [citado em 2014 abr 22]. Documentos n. 75. Disponível em: http://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/17085/1/doc75.pdf.

Carvalho JOP. Análise estrutural da regeneração natural em floresta tropical densa na região do Tapajós no Estado do Pará [dissertação]. Curitiba: Universidade Federal do Paraná; 1982.

Cook ER, Krusic P. ARSTAN software [online]. New York: Columbia University; 1985 [citado em 2012 out 24]. Disponível em: http://www.ldeo.columbia.edu/tree-ring-laboratory/resources.

Encinas JI, Pinto JRRS. Idade e crescimento das árvores. Comunicações Técnicas Florestais 2005; 7(1): 1-40.

Ferreira GB. Análise dendroclimatológica do cedro (Cedrela fissilis L.-Meliaaceae) para reconstrução do cenário ambiental recente da cidade de São Paulo, SP [dissertação]. Piracicaba: Instituto de Biociências, Universidade de São Paulo; 2012.

Mattos PP, Braz EM. Reunião técnica temática: anéis de crescimento e clima [online]. Colombo: EMBRAPA Florestas; 2012 [citado em 2013 jun 22]. Disponível em: http: // www.bibliotecaflorestal.ufv.br/brbitstream/handle/123456789/5425/Documentos_236.pdf.

Mattos PP, Braz EM, Hess AF, Salis SMA. Dendrocronologia e o manejo florestal sustentável em florestas tropicais [online]. Brasília: Infoteca; 2011 [citado em 2011 nov 22]. Disponível em: www.infoteca.cnptia.embrapa.br/.../doc/.../Doc218.pdf.

Rode R, Figueiredo A Fo, Machado AS, Galvão F. Análise do padrão espacial de espécies e de grupos florísticos estabelecidos em um povoamento de Araucaria angustifolia e em uma Floresta Ombrófila Mista no centro-sul do Paraná. Floresta 2010; 40(2): 255-268.

Roik M. Dinâmica (2002-2011) e modelagem do incremento diamétrico em fragmento de Floresta Ombrófila Mista na Floresta Nacional de Irati, Paraná [dissertação]. Irati: Universidade Estadual do Centro Oeste; 2012.

Stepka TF. Modelagem do crescimento e dendrocronologia em árvores nativas de Araucaria angustifolia, Cedrela fissilis e Ocotea porosa no sul do Brasil [tese]. Curitiba: Universidade Federal do Paraná; 2012.

Viani RAG, Durigan G, Melo ACG. A regeneração natural sob plantações florestais: desertos verdes ou redutos de biodiversidade? Ciência Florestal 2010; 20(3): 533-552.
 

5a7054ed0e8825f411f8b080 floram Articles
Links & Downloads

FLORAM

Share this page
Page Sections