Floresta e Ambiente
http://floram.org/article/doi/10.1590/2179-8087.057113
Floresta e Ambiente
Original Article Conservation of Nature

Compartimentos da Matéria Orgânica de Solos sob Floresta no Estado do Acre

Organic Matter Compartments from under Forest Soils in the Acre State

Fontana, Ademir; Pereira, Marcos Gervasio; Bernini, Thiago Andrade; Anjos, Lúcia Helena Cunha dos; Wadt, Paulo Guilherme Salvador; Santos, Lauana Lopes dos

Resumo

O objetivo deste trabalho foi quantificar os diferentes compartimentos da matéria orgânica de solos sob floresta no estado do Acre. Perfis de solo foram descritos e coletados nos terços superior, terço médio e terço inferior da paisagem localizados nos municípios de Sena Madureira, Manoel Urbano e Feijó, no estado do Acre. Os solos foram caracterizados quanto à composição química, física, frações húmicas e frações oxidáveis. Os teores de carbono orgânico estão concentrados nos horizontes superficiais dos solos, destacados pelo decréscimo abrupto em relação aos demais horizontes. Os teores da argila e de cátions atuam de forma mais efetiva na dinâmica da matéria orgânica em detrimento à posição na paisagem e classe de solo. As análises multivariadas indicam maior similaridade entre os pontos de Sena Madureira (T1) e de Feijó (T3), exceto o ponto do terço superior de Feijó, que é semelhante ao Manoel Urbano (T2).

Palavras-chave

atributos dos solos, frações orgânicas, horizonte superficial.

Abstract

This study aimed to quantify the different compartments of organic matter from under forest soils in Acre state. Soil profiles were described and sampled on shoulder, backslope and footslope landscape positions located in the counties of Sena Madureira, Manoel Urbano and Feijó, Acre state. Soils were characterized by chemically and physically attribute, humic and oxidizable fractions. The organic carbon is concentrated in the superficial soil horizons, highlighted by the sharp decrease in relation to other horizons. The clay and cations act more effectively on organic matter dynamics than the landscape position and soil class. Multivariate analyzes indicate high similarity between the sites of Sena Madureira (T1) and Feijó (T3), except the shoulder site from Feijó, which is similar to Manoel Urbano (T2).

Keywords

soil attributes, organic fractions, surface horizon.

References

Acre. Governo do Estado do Acre. Programa Estadual de Zoneamento Ecológico Econômico do Estado do Acre. Zoneamento Ecológico-Econômico – ZEE/AC 2ª fase [CD-ROM]. Rio Branco: SECTMA; 2006.

Araújo EA, Lani JL, Amaral EF, Guerra A. Uso da terra e propriedades físicas e químicas de Argissolo Amarelo distrófico na Amazônia Ocidental. Revista Brasileira de Ciência do Solo 2004; 28(2): 307-315. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-06832004000200009.

Benites VM, Madari BE, Machado PLOA. Extração e fracionamento quantitativo de substâncias húmicas do solo: um procedimento simplificado de baixo custo. Rio de Janeiro: Embrapa Solos; 2003. Comunicado Técnico n. 16.

Brasil. Projeto Radambrasil. Rio Branco: geologia, geomorfologia, pedologia, vegetação, uso potencial da terra. Rio de Janeiro: Divisão de Publicação; 1976. Folhas SC - Levantamento de recursos naturais n. 19.

Cavalcante LM. Relatório sobre a Geologia do Estado do Acre. Rio Branco: SEMA: IMAC; 2006.

Chan KY, Bowman A, Oates A. Oxidizable organic carbon fractions and soil quality changes in an oxic paleustalf under different pasture ley. Soil Science 2001; 166(1): 61-67. http://dx.doi.org/10.1097/00010694-200101000-00009.

Corrêa MM, Ker JC, Mendonça ES, Ruiz HA, Bastos RS. Atributos físicos, químicos e mineralógicos de solos da região de várzeas de Souza (PB). Revista Brasileira de Ciência do Solo 2003; 27(2): 311-324. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-06832003000200011.

Cunha TJF, Ribeiro LP. Qualidade e relações pedogenéticas da matéria orgânica de alguns solos da região do Irecê (BA). Revista Brasileira de Ciência do Solo 1998; 22(4): 693-704. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-06831998000400015.

Donagemma GK, Campos DVB, Calderano SB, Teixeira WG, Viana JHM. Manual de métodos de análises de solos. 2. ed. Revista. Rio de Janeiro: Embrapa Solos; 2011. 230 p. Embrapa Solos Documentos n. 132.

Duchaufour P. Pedology. London: George Allen & Unwin Publication; 1977.

Fontana A, Pereira MG, Anjos LHC, Benites VM. Quantificação e utilização das frações húmicas como característica diferencial em horizontes diagnósticos de solos brasileiros. Revista Brasileira de Ciência do Solo 2010a; 34(4): 1241-1257. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-06832010000400023.

Fontana A, Pereira MG, Brito RJ, Loss A, Benites VM. Caracterização de substâncias húmicas da camada superficial do solo sob diferentes coberturas vegetais. Magistra 2010b; 22(1): 49-56.

Fontana A, Silva CF, Pereira MG, Loss A, Brito RJ, Benites VM. Avaliação dos compartimentos da matéria orgânica em área de Mata Atlântica. Acta Scientiarum Agronomy 2011; 33(3): 545-550.

Gama JRNF, Kusaba T, Ota T, Amano Y. Influência de material vulcânico em alguns solos do Estado do Acre. Revista Brasileira de Ciência do Solo 1992; 16(1): 103-106.

Kononova MM. Soil organic matter: its nature, its role in soil formation and in soil fertility. 2. ed. Oxford: Pergamon Press; 1966.

Maia SMF, Xavier FAS, Senna OT, Mendonça ES, Araujo JA Fo. Organic carbono pools in a Luvisol under agroforestry and conventional farming systems in the semi-arid region of Ceará, Brazil. Agroforestry Systems 2007; 71(1): 127-138. http://dx.doi.org/10.1007/s10457-007-9063-8.

Miranda CSS, Ferreira MGVX. Caracterização de solos com A chernozêmico na zona da mata norte do estado de Pernambuco. Revista Brasileira de Ciência do Solo 1999; 23(1): 107-120. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-06831999000100014.

Moreno JL. La matéria orgânica em los agrossistemas. Madri: Ministéria Agricultura; 1996.

Rangel OJP, Silva CA, Guimarães PTG, Guilherme LRG. Frações oxidáveis do carbono orgânico de latossolo cultivado com cafeeiro em diferentes espaçamentos de plantio. Ciência e Agrotecnologia 2008; 32(2): 429-437. http://dx.doi.org/10.1590/S1413-70542008000200013.

Santos HG, Jacomine PKT, Anjos LHC, Oliveira VA, Lumbreras JF, Coelho MR et al. Sistema brasileiro de classificação de solos. 3. ed. Brasília: Embrapa; 2013. 353 p.

Santos RD, Lemos RC, Santos HG, Ker JC, Anjos LHC. Manual de descrição e coleta de solo no campo. 5. ed. Viçosa: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo; Rio de Janeiro: Embrapa Solos; 2005.

Statsoft Inc. Statistica for Windows: computer program manual [online]. Tulsa: Statsoft Inc.; 2004. [citado em 2013 ago. 6]. Disponível em: http://www.statsoft.com.

Volkoff B, Cerri CC. Comparação de húmus de um solontchak, um rendzina e um solo litólico da região semiárida do Rio Grande do Norte. Revista Brasileira de Ciência do Solo 1980; 4(1): 49-56.

Volkoff B, Melfi AJ, Cerri CC. Solos Podzólicos e Cambissólicos Eutróficos do Alto Purus (Estado do Acre). Revista Brasileira de Ciência do Solo 1989; 13(3): 363-372.

Wadt PGS. Manejo de solos ácidos do Estado do Acre. Rio Branco: Embrapa Acre; 2002. Documentos n. 79.

Yeomans JC, Bremner JM. A rapid and precise method for routine determination of organic carbon in soil. Communications in Soil Science and Plant Analysis 1988; 19(13): 1467-1476. http://dx.doi.org/10.1080/00103628809368027.

5a7052ab0e88255911f8b081 floram Articles
Links & Downloads

FLORAM

Share this page
Page Sections