Floresta e Ambiente
http://floram.org/article/doi/10.1590/2179-8087.008116
Floresta e Ambiente
Original Article Silviculture

Perdas de Nutrientes por Lixiviação na Produção de Mudas de Cedro Australiano

Nutrient Losses by Leaching in the Production of Australian Cedar Seedlings

Clovis Orlando Da Ros; Thales Bonfanti Silvestrin; Lucindo Somavilla; Edison Rogerio Perrando; Rodrigo Ferreira da Silva

Resumo

RESUMO: O objetivo do trabalho foi quantificar as perdas de nutrientes por lixiviação associadas ao uso de fertilizante mineral na produção de mudas de cedro australiano (Toona ciliata M. Roem var. australis) em diferentes substratos. O experimento foi realizado em casa de vegetação, em delineamento inteiramente casualizado com três repetições, com dois substratos (substrato comercial e composto de dejetos de suínos) e quatro doses de fertilizante mineral (0 kg; 3 kg; 6 kg e 9 kg m-3). No decorrer de 105 dias foram avaliadas as perdas de N, P e K por lixiviação e, no final desse período, quantificado o crescimento e a qualidade das mudas. O substrato comercial proporcionou menor perda de nutrientes por lixiviação e, quando associado ao fertilizante mineral, apresentou maior potencial de crescimento e de qualidade de mudas em comparação ao composto de dejetos de suínos.

Palavras-chave

crescimento de mudas, Toona ciliata, fertilizante mineral

Abstract

ABSTRACT: This study aimed to quantify nutrient losses by leaching in the production of Toona ciliata seedlings in different substrate associated with the use of mineral fertilizer. The experiment was conducted in a greenhouse in a completely randomized design with three replications, in factorial arrangement with two substrates (commercial substrate and swine manure compost) and four doses of mineral fertilizer (0; 3; 6 and 9 kg m-3). In the course of 105 days we evaluated losses of N, P and K by leaching and end of this period we quantified growth and quality of seedlings. The commercial substrate contributed with reduced loss of nutrients through leaching and when combined with mineral fertilizer showed higher growth potential and seedlings quality compared to the compound of swine manure.
 

Keywords

growth of seedlings, Toona ciliata, mineral fertilizer

References

Aita C, Giacomini SJ, Hubner AP. Nitrificação do nitrogênio amoniacal de dejetos líquidos de suínos em solo sob sistema de plantio direto. Pesquisa Agropecuaria Brasileira 2007; 42(1): 94-102. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-204X2007000100013.

Araújo AR, Carvalho JLN, Guilherme LRG, Curi N, Marques JJ. Movimentação de nitrato e amônio em colunas de solo. Ciência e Agrotecnologia 2004; 28(3): 537-541. http://dx.doi.org/10.1590/S1413-70542004000300008.

Braga MDM, Furtini AE No, Oliveira AH. Influência da saturação por bases na qualidade e crescimento de mudas de cedro-australiano (Toona ciliata M. Roem var. ). australisCiência Florestal 2015; 25(1): 49-58. http://dx.doi.org/10.5902/1980509817462.

Brasil. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA. Secretaria de Defesa Agropecuária. Instrução Normativa no 17 de 21 de maio de 2007/ SDA – Secretaria de Defesa Agropecuária. Análise de Substratos e Condicionadores de Solos. Aprova os Métodos Analíticos Oficiais para Análise de Substratos e Condicionadores de Solos [online]. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, DF [2007 maio]. [citado em 2016 maio 09]. Disponível em: http://sistemasweb.agricultura.gov.br/sislegis/action/detalhaAto.do?method=consultarLegislacaoFederal

Brugnara EC, Nesi CN, Verona LAF. Cama de aviário e composto de dejetos suínos em substratos para mudas de maracujazeiro-amarelo. Revista Cientifica 2014; 42(3): 242-251.

Caldeira MVW, Gomes DR, Gonçalves EO, Delarmelina WM, Sperandio HV, Trazzi PA. Biossólido como substrato para produção de mudas de Toona ciliata var. australis.Revista Árvore 2012; 36(6): 1009-1017. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-67622012000600002.

Carneiro JGA. Produção e controle de qualidade de mudas florestais. Curitiba: UFPR; FUPEF; 1995. 451 p.

De Marco R, Conte B, Perrando ER, Fortes FO, Martarello V. Resposta de mudas de M. Roem à fertilização orgânica e química. Toona ciliataEnciclopédia Biosfera 2013; 9(16): 1939-1946.

Delarmelina WM, Caldeira MVW, Faria JCT, Gonçalves EO, Rocha RLF. Diferentes substratos para a produção de mudas de Sesbania virgata.Floresta e Ambiente 2014; 21(2): 224-233. http://dx.doi.org/10.4322/floram.2014.027.

Dickson A, Leaf AL, Hosner JF. Quality appraisal of White spruce and White pine seedling stock in nurseries. Forestry Chronicle 1960; 36(1): 10-13. http://dx.doi.org/10.5558/tfc36010-1.

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – EMBRAPA, Centro Nacional de Pesquisas de Solos. Manual de métodos de análises de solo. 2. ed. Rio de Janeiro: Embrapa Solos; 2011. 230 p.

Ernani PR, Sangoi L, Rampazzo C. Lixiviação e imobilização de nitrogênio num Nitossolo em função da forma de aplicação da uréia e da palha de aveia. Revista Brasileira de Ciencia do Solo 2002; 26(4): 993-1000. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-06832002000400017.

Fochesato ML, Souza PVD, Schafer G, Maciel HS. Alterações das características químicas de três substratos comerciais na produção de mudas cítricas. Ciência e Agrotecnologia 2008; 32(4): 1040-1046. http://dx.doi.org/10.1590/S1413-70542008000400002.

Kratz D, Wendling I, Nogueira AC, Souza PVD. Utilização de resíduos urbanos e agroflorestais para produção de mudas de e Eucalyptus benthamiiMimosa scabrella.Floresta e Ambiente 2013; 20(4): 530-537.

Machado DLM, Lucena CC, Santos D, Siqueira DL, Matarazzo PHM, Struiving TB. Uso de fertilizante de liberação lenta e orgânico no crescimento inicial de limoeiro ‘cravo’. Revista Ceres 2011; 58(3): 359-365. http://dx.doi.org/10.1590/S0034-737X2011000300017.

Melo HB Jr, Duarte IN, Silva AA, Lana RMQ. Uso de fontes revestidas com polímeros de liberação gradual e uréia convencional. Enciclopédia Biosfera 2010; 6(11): 1-12.

Melo LA, Pereira GA, Moreira EJC, Davide AC, Silva EV, Teixeira LAF. Crescimento de mudas de Eucalyptus grandis e sob diferentes formulações de substrato. Eremanthus rythropappusFloresta e Ambiente 2014; 21(2): 234-242. http://dx.doi.org/10.4322/floram.2014.028.

Muniz CO, Lôbo LM, Fernandes FPR, Ferreira EM, Brasil EPF. Efeito de diferentes adubos NPK no processo de produção de mudas de Eucalipto. Enciclopédia Biosfera 2013; 9(17): 1162-1168.

Oliveira OA Jr. Qualidade de mudas de Eucalyptus urophylla produzidas em diferentes substratos [dissertação]. Vitória da Conquista: Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia; 2009.

Pansera E, Somavilla L, Da Ros CO, Basso CJ, Perrando ER. Perdas de nitrogênio por lixiviação e crescimento de mudas de Eucalyptus grandis com diferentes fontes nitrogenadas. In: Anais do XXXIV Congresso Brasileiro de Ciência do Solo; 2013; Florianópolis. Florianópolis: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo; 2013 [citado em 2014 ago. 28]. Disponível em: http://www.cbcs2013.com.br/anais/arquivos/905.pdf

Potrich DC, Marchetti ME, Potrich DC, Ensinas SC, Serra AP, Silva EF et al. Decomposição de resíduos culturais de cana-de-açúcar submetidos a diferentes doses de nitrogênio. Ciências Agrárias 2014; 35(4): 1751-1760.

Serpa R Fo, Sehnem S, Cericato A, Santos S Jr, Fischer A. Compostagem de dejetos de suínos. Revista em Agronegócios e Meio Ambiente 2013; 6(1): 47-78.

Somavilla A, Cantarelli EB, Mariano LG, Ortigara C, Da-Luz FB. Avaliações morfológicas de mudas de Cedro Australiano submetidas a diferentes doses do fertilizante Osmocote plus. Comunicata Scientiae 2014; 5(4): 493-498.

Souza JO Jr, Carmello QAC, Faria JC. Características químicas do lixiviado na fase de enraizamento de estacas de cacau em substratos adubados com fósforo. Revista Brasileira de Ciencia do Solo 2008; 32(4): 1573-1581. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-06832008000400021.

Tedesco MJ, Volkweis SJ, Bohmen H. Análise de solo, plantas e outros materiais. Porto Alegre: UFRGS, 1995. Boletim técnico de solos no. 5.

Vilela ES, Stehling EC. Recomendações de plantio para cedro australiano. Versão 1.2. Campo Belo: Bela Vista Florestal; 2012. 23 p.

Werle R, Garcia RA, Rosolem CA. Lixiviação de potássio através da textura e da disponibilidade do nutriente no solo. Revista Brasileira de Ciencia do Solo 2008; 32(1): 2297-2305. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-06832008000600009.
 

58ff599c0e8825fe6aabdcf1 floram Articles
Links & Downloads

FLORAM

Share this page
Page Sections