Floresta e Ambiente
http://floram.org/article/doi/10.1590/2179-8087.002816
Floresta e Ambiente
Original Article Silviculture

Litterfall and Nutrient Input in a Degraded Area

Rômulo Guimarães Giácomo; Marlene Cristina Alves; Rodrigo Camara; Marcos Gervasio Pereira; Otton Garcia de Arruda; Sebastião Nilce Souto; Mário Luis Teixeira de Moraes

Abstract

ABSTRACT: This study aimed to test the effects of fertilization with organic compost from industrial production of pulp on the litterfall and nutrient input of monospecific plantations in a loan area. The treatments consisted of three doses of the organic compost D10, D15 and D20 (10, 15 and 20 Mg ha-1, respectively), mineral conventional fertilization (DAM) and no fertilization (D0) in land plots (N = 4/treatment/species; 15 x 12 m). Litterfall was monthly collected by two traps (0.72 m2/plot) and sorted out into leaves, twigs, seeds, flowers, fruits and others. We determined the input of nitrogen, phosphorous and potassium. There were no differences among the treatments and between species in terms of total annual litterfall. The higher nutrient input was obtained by DAM, followed by D10, in both plantations. The annual nutrient input was higher for the litterfall on the E. urograndis plantation.

Keywords

Eucalyptus urograndis, Mabea fistulifera, nutrient cycling

References

Alves MC, Souza ZM. Recuperação do subsolo em área de empréstimo usada para construção de hidrelétrica. Revista Ciência Agronômica 2011; 42(2): 301-309. http://dx.doi.org/10.1590/S1806-66902011000200007.

Arruda OG, Tarsitano MAA, Alves MC, Giácomo RG. Comparação de custos de implantação de eucalipto com resíduo celulósico em substituição ao fertilizante mineral. Revista Ceres 2011; 58: 576-583.

Bellote AFJ, Silva HD, Ferreira CA, Andrade GC. Resíduos da indústria de celulose em plantios florestais. Boletim de Pesquisa Florestal 1998; 37: 99-106.

Cianciaruso MV, Pires JSR, Delitti WBC, Silva EFLP. Produção de serapilheira e decomposição do material foliar em um cerradão da Estação Ecológica de Jataí, município de Luiz Antônio, SP, Brasil. Acta Botanica Brasílica 2006; 20(1): 49-59. http://dx.doi.org/10.1590/S0102-33062006000100006.

Colodro G. Recuperação de solo de área de empréstimo com lodo de esgoto [tese]. Campinas: Universidade Estadual de Campinas; 2005.

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – EMBRAPA. Centro Nacional de Pesquisa de Solos. Sistema brasileiro de classificação de solos. 2. ed. Rio de Janeiro: EMBRAPA; 2006. 286 p.

Facelli JM, Pickett STA. Plant litter: its dynamics and effects on plant community structure. Botanical Review 1991; 57(1): 1-32. http://dx.doi.org/10.1007/BF02858763.

Ferraz AV. Ciclagem de nutrientes e metais pesados em plantios de Eucalyptus grandis adubados com lodos de esgoto produzidos em diferentes estações de tratamento da região metropolitana de São Paulo [dissertação]. Piracicaba: Universidade de São Paulo; 2009.

Ferreira CA, Silva HD, Andrade GC, Bellote AFJ, Moro L. Deposição de material orgânico e nutrientes em plantios de em diferentes regimes de adubação. Eucalyptus grandisBoletim de Pesquisa Florestal 2001; 43: 75-86.

Ferreira DF. SISVAR: um programa para análises e ensino de estatística. Revista Symposium 2008; 6(2): 36-41.

Figueiredo A Fo, Moraes GF, Schaaf LB, Figueiredo DJ. Avaliação estacional da deposição de serapilheira em uma Floresta Ombrófila mista localizada no Sul do estado do Paraná. Ciência Florestal 2003; 13(1): 11-18.

Giácomo RG, Pereira MG, Machado DL. Aporte e decomposição de serapilheira em áreas de cerradão e mata mesofítica na Estação Ecológica de Pirapitinga – MG. Ciência Florestal 2012; 22(4): 669-680. http://dx.doi.org/10.5902/198050987549.

Giácomo RG. Recuperação do solo usando composto produzido com resíduo da extração de celulose [tese]. Ilha Solteira: Universidade Estadual Paulista; 2013.

Guedes MC. Ciclagem de nutrientes após aplicação de lodo de esgoto (biossólido) sobre Latossolo cultivado com Eucalyptus grandis [tese]. Piracicaba: Universidade de São Paulo; 2005.

Hammer Ø, Harper DAT, Ryan PD. PAST: Paleontological statistics software package for education and data analysis. Palaeontologia Electronica [online]. 2001 [cited 2015 Nov 13]; 4: 1-9. Available from: http://palaeo-electronica.org/2001_1/past/issue1_01.htm

Heaney A, Proctor J. Chemical elements in litter in forests on Volcán Barva, Costa Rica. In: Proctor J, editor. Mineral nutrients in tropical forest and savanna ecosystems. London: British Ecological Society; 1989. p. 255-272.

Klumpp A. Utilização de bioindicadores de poluição em condições temperadas e tropicais. In: Maia NB, Martos HL, Barrella W, editors. Indicadores ambientais: conceitos e aplicações. São Paulo: EDUC; COMPED; INEP; 2001. p. 77-94.

Köppen W. Climatologia: con un estudio de los climas de la tierra. México: Fondo de Cultura Econômica; 1948. 488 p.

Li X, Niu J, Xie B. The effect of leaf litter cover on surface runoff and soil erosion in Northern China. PLoS One 2014; 9(9): 1-15. PMid:25232858.

Lopes MIS, Domingos M, Struffaldi-de-Vuono Y. Ciclagem de nutrientes minerais. In: Sylvestre LS, Rosa MMT. Manual metodológico para estudos botânicos na Mata Atlântica. Seropédica: EDUR; UFRRJ; 2002. p. 72-102.

Maciel TMS, Alves MC, Silva FC. Atributos químicos da solução e do solo após aplicação de resíduo da extração de celulose. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental 2015; 19(1): 84-90. http://dx.doi.org/10.1590/1807-1929/agriambi.v19n1p84-90.

Martins SV, Rodrigues RR. Produção de serrapilheira em clareiras de uma floresta estacional semidecidual no município de Campinas, SP. Revista Brasileira de Botanica. 1999; 22(3): 405-412. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-84041999000300009.

Martius C, Höfer H, Garcia MVB, Römbke J, Hanagarth W. Litterfall, litter stocks and decomposition rates in rainforest and agroforestry sites in central Amazonia. Nutrient Cycling in Agroecosystems 2004; 68(2): 137-154. http://dx.doi.org/10.1023/B:FRES.0000017468.76807.50.

Molofsky J, Augspurger CK. The effect of litter on early seedling establishment in a tropical forest. Ecology 1992; 73(1): 68-77. http://dx.doi.org/10.2307/1938721.

Parrotta JA. Influence of overstory composition on understory colonization by native species in plantations on a degraded tropical site. Journal of Vegetation Science 1995; 6(5): 627-636. http://dx.doi.org/10.2307/3236433.

Pimentel-Gomes F. Curso de estatística experimental. 13. ed. Piracicaba: Nobel; 1990. 468 p.

Portes MCGO, Koehler A, Galvão F. Variação sazonal de deposição de serapilheira em uma Floresta Ombrófila Densa Alto Montana no morro do Anhagava - PR. Floresta 1996; 26(1-2): 3-10.

Scheer MB, Gatti G, Wisniewski C, Mocochinski AY, Cavassani AT, Lorenzetto A et al. Patterns of litter production in a secondary alluvial Atlantic Rain Forest in southern Brazil. Brazilian Journal of Botany 2009; 32(4): 805-817. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-84042009000400018.

Schumacher MV, Brun LJ, Hernandes JI, König FG. Produção de serapilheira em uma floresta de (Bertol.) Kuntze no município de Pinhal Grande-RS. Araucaria angustifoliaRevista Árvore 2004; 28(1): 29-37. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-67622004000100005.

Schumacher MV, Corrêa RS, Viera M, Araújo EF. Produção e decomposição de serapilheira em um povoamento de x Eucalyptus urophyllaEucalyptus globulus maidenii.Cerne 2013; 19(3): 501-508. http://dx.doi.org/10.1590/S0104-77602013000300018.

Scoriza RN, Piña-Rodrigues FCM. Influência da precipitação e temperatura do ar na produção de serapilheira em trecho de Floresta Estacional em Sorocaba, SP. Floresta 2014; 44(4): 687-696. http://dx.doi.org/10.5380/rf.v44i4.34274.

Silva CJ, Lobo FA, Bleich ME, Sanches L. Contribuição de folhas na formação da serrapilheira e no retorno de nutrientes em floresta de transição no norte de Mato Grosso. Acta Amazonica 2009; 39(3): 591-600. http://dx.doi.org/10.1590/S0044-59672009000300014.

Silva PHM, Poggiani F, Lima WP, Libardi PL. Soil water dynamics and litter production in eucalypt and native vegetation in southeastern Brazil. Scientia Agricola 2014; 71(5): 345-355. http://dx.doi.org/10.1590/0103-9016-2013-0325.

Souza JA, Davide AC. Deposição de serrapilheira e nutrientes em uma mata não minerada e em plantações de bracatinga () e de eucalipto (Mimosa scabrellaEucalyptus saligna) em áreas de mineração de bauxita. Cerne 2001; 7(1): 101-113.

Tedesco MJ, Gianello C, Bissani CA, Bohnen H, Volkweiss SJ. Análise de solo, plantas e outros materiais. 2. ed. Porto Alegre: Universidade Federal do Rio Grande do Sul; 1995. 174 p. Boletim Técnico n. 5.

Universidade Estadual Paulista – UNESP. Canal clima [online]. 2016. [cited 2016 Jan 15]. Available from: http://clima.feis.unesp.br/administra_clima.php

Valcarcel R, Silva ZS. A eficiência conservacionista de medidas de recuperação de áreas degradadas: proposta metodológica. Revista Floresta 2000; 27(1-2): 101-114.

Vitousek PM, Sanford RL Jr. Nutrient cycling in moist tropical forest. Annual Review of Ecology and Systematics 1986; 17(1): 137-167. http://dx.doi.org/10.1146/annurev.es.17.110186.001033.

Zaia FC, Gama-Rodrigues AC. Ciclagem e balanço de nutrientes em povoamentos de eucalipto na região norte fluminense. Revista Brasileira de Ciencia do Solo 2004; 28(5): 843-852. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-06832004000500007.
 

58ff58de0e8825d86aabdcfa floram Articles
Links & Downloads

FLORAM

Share this page
Page Sections